Friday, December 16, 2011

Sardela - uma pasta italiana à sua mesa!

 

  Uma pasta (que me perdoem os amigos italianos, mas não consegui encontrar uma outra palavra em português que definisse bem este prato) que gosto muito e que tem sua origem na Itália, é a Sardela.
   Não. Não tenho nada de italiano; a não ser o apreço pela maioria de suas receitas, como quase todo o mundo. Mas a sardela faz parte de meu cardápio, como uma entrada para alguns pratos e também, como mais um item para os lanches das tardes de fim de semana.
   Saborosa, a sardela pode ser utilizada como entrada de vários tipos de pratos. Servida no pão italiano fica uma delícia! Mas quem não pode comer glúten, tem a opção de saboreá-la com batatas chips ou em medalhinhas de tapioca. Sobre um pedaço de queijo feta ou mesmo do queijo fresco, é um espetáculo!
    Tendo por base, o pimentão vermelho e o aliche (ou anchova), a sardela não é difícil de ser preparada. Porém, é um pouco trabalhosa; mas vale o custo benefício. 
   Vamos à receita?

Ingredientes
 
4 pimentões vermelhos grande
1 cebola pequena cortada em pétalas
4 dentes de alho 
50gr de aliche (pode ser o mais barato que você encontrar) 
1 lata de sardinha 
azeite extra-virgem (de 4 a 6 colheres)
1 pitada de noz moscada
sal a gosto

Modo de Fazer

Lave bem os pimentões, tire as sementes, o talo branco e corte-o em pedaços grandes. Em uma panela com azeite, coloque os pimentões, a cebola e os dentes de alho. Cozinhe até os pimentões ficarem bem macios. Deixe esfriar um pouco e coloque este molho no liquidificador ou no processador. Bata ate até virar uma pasta. Adicione a sardinha e o aliche e bata mais um pouco até se dissolverem. 
Leve esta pasta para a panela e apure em fogo baixo (140º - 160ºC), mexendo sempre. 
Tampe a panela, mas não totalmente, deixando a água evaporar e ao mesmo tempo evitando de respingar o molho no fogão (pois respinga muito).
Deixe apurando por aproximadamente 30min. 
Quando a pasta começar a ficar mais grossa e você começar a ver o fundo da panela, está pronto! 
Corrija o sal e adicione uma pitada de noz moscada, se quiser. 
Deixe esfriar um pouco, coloque em recipiente de compota e conserve em geladeira. Normalmente dura por 10 dias, sem estragar. 

Dica: Para o sabor não ficar muito forte, retire o miolo do alho, ou simplesmente use alho desidratado fatiado)

Bom apetite!

3 comments: