Sunday, August 17, 2014

Chutney de cebola roxa


Tem tempo que venho querendo publicar esta receita, mas sempre aparecia outra que eu julgava que estava na frente. Por vários motivos. Era alguém que fazia uma pergunta a rspeito de determinado prato ou porque eu queria manter a linha de publicações voltadas para um determinado tema. Mas chegou a vez de falarmos da receita de chutney de cebolas roxas.
        Usar este chutney é um espetáculo.
A primeira vez que comi tal iguaria, foi nos anos 80, na casa de uma amiga, cujo pai era austríaco e gostava de comê-lo acompanhando uma boa bisteca de porco.
        A grande vantagem do chutney (para quem gosta de misturar sabores doces e salgados) é que você pode usá-lo em mais um tipo de carne; preferencialmente as brancas, tais como aves (frango, pato, peru, codorna, etc.), carne de porco ou javali.


        Uma geléia considerada por uns, exótica; mas de sabor requintado, o chutney de cebolas roxas dará um toque gourmet a sua receita, podendo também ser degustada com um bom queijo brie, gruyére ou mesmo o cream cheese com pão.

Ingredientes

8 cebolas roxas (médias) fatiada o mais fino possível
1 pimenta dedo-de-moça bem picadinha e sem sementes
150 ml de vinagre balsâmico
150 ml de vinho branco seco
200 g de açúcar mascavo
1 pitada de sal
Azeite extra virgem


Fazendo

Em uma frigideira de borda alta, aqueça um pouco de azeite e frite as cebolas e a pimenta, até que fiquem douradas e bem macias.
Junte o vinagre e o açúcar e deixe ferver.
Abaixe o fogo e deixe apurando por 1 hora ou até que as cebolas fiquem translúcidas e o líquido seque. Mas cuidado para que o líquido não seque muito rápido, pois pode queimar.
Ponha o chutney ainda quente em um pote para conservas, previamente esterelizado e tampe-o. Guarde-o em um lugar escuro e fresco ou na geladeira por umas 4 semanas para maturar.
A validade do produto, depois de aberto, dura em torno de 6 meses. Considerando-se que o mesmo deve ser guardado em geladeira depois de aberto.

No comments:

Post a Comment